Cardápio

Design de Interiores


Curso técnico modular composto por três módulos.
Cada módulo corresponde a um semestre letivo.
 
Perfil profissional de conclusão
O técnico participa da elaboração e da execução de projetos de espaços residenciais, comerciais e exposições, visando à estética, à melhoria dos aspectos funcionais, ergonômicos dos ambientes, para atender às necessidades dos usuários. Desenvolve esboços, perspectivas e desenhos de acordo com normas técnicas. Planeja e organiza o espaço, identificando elementos básicos para a concepção do projeto. Representa os elementos de projeto no espaço bidimensional e tridimensional, aplicando métodos de representação gráfica.

Mercado de trabalho

Escritórios de design, empresas e escritórios de projetos de interiores, construtoras e imobiliárias; lojas de móveis e decoração, shoppings e outros estabelecimentos comerciais.

 


SÍNTESE DAS COMPETÊNCIAS PROFISSIONAIS

Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio - Técnico em Design de Interiores

Eixo Tecnológico: Produção Cultural e Design
 

MÓDULO I - Qualificação Técnica de Nível Médio de Desenhista Copista

1. Identificar as construções geométricas aplicadas ao Design de Interiores.
2. Analisar e selecionar elementos adequados as diferentes construções geométricas.
3. Visualizar questões técnicas por meio dos processos gráficos geométricos.
4. Interpretar símbolos e convenções técnicas.
5. Visualizar os elementos do projeto no espaço bi e tridimensional, identificando formas, dimensões e posições relativas dos objetos representados.
6. Distinguir fatores essenciais do desenho arquitetônico relativos às técnicas de representação gráfica.
7. Identificar, a partir da observação do real, a comparação, a distinção, organização e o registro das formas.
8. Desenvolver a criatividade por meio da organização mental e material do processo inventivo.
9. Interpretar a linguagem técnica, formal e compositiva do design.
10. Expressar-se plasticamente aplicando cores e formas de acordo com as sensações que elas sugerem.
11. Desenvolver a percepção em relação à forma: apresentações cromáticas bidimensional, rítmicas e estruturais.
12. Identificar elementos, inovações do mercado de design e o reflexo nas projeções futuras.
13. Analisar a história da arte como história do pensamento.
14. Identificar e reconhecer características gerais, processos de obtenção, propriedades, principais tipos e aplicações de materiais e acabamentos.
15. Desenvolver aplicação dos comandos básicos de programas computadorizados aplicados ao Design de Interiores.
16. Interpretar legislação, normas e referenciais específicos do design de interiores.
17. Estabelecer relações ergonômicas entre o homem, o mobiliário e os ambientes.
18. Analisar e desenvolver textos técnicos e comerciais da área de design de interiores, por meio de indicadores linguísticos e de indicadores extralinguísticos.

MÓDULOS I e II - Qualificação Técnica de Nível Médio de Desenhista Projetista

1. Analisar os fatores que condicionam um projeto arquitetônico e as etapas fundamentais em que se desenvolve.
2. Elaborar projetos completos de uma residência, conforme normas da prefeitura.
3. Interpretar dados que determinem detalhes, materiais e equipamentos indispensáveis à execução de projetos.
4. Elaborar esboços de desenhos de móveis, identificando suas características e aspectos específicos, adequando-os às necessidades do mercado.
5. Desenvolver repertório de informações visuais.
6. Desenvolver diversos tratamentos plásticos da organização espacial.
7. Distinguir materiais adequados ao acabamento do projeto.
8. Criar ritmos e movimentos nas formas por meio da luz, sombra causando efeitos ópticos nos projetos elaborados.
9. Analisar, interpretar e desenvolver a capacidade de expressão, de concepção, de representação e de identificação com elementos que venham a caracterizar design próprio e criativo.
10. Identificar a importância da teoria da história do mobiliário como um conhecimento crítico necessário à elaboração do projeto de design.
11. Pesquisar tipos e estilos de mobiliário e conceber o desenho adequado ao projeto de design de interiores.
12. Identificar a linguagem plástica como instrumento de reflexão para o designer de interiores.
13. Propor soluções parametrizadas por viabilidade técnica e econômica aos problemas identificados.
14. Constituir amostras para pesquisas técnicas e científicas, de forma criteriosa e explicitada.

MÓDULOS I, II e III - Habilitação Profissional Técnica de Nível Médio de TÉCNICO EM DESIGN DE INTERIORES

1. Pesquisar, selecionar e sistematizar dados e elementos relacionados ao projeto que possibilitem inovações e criação de novos processos de design.
2. Distinguir materiais e demais aspectos relacionados à tecnologia de produção.
3. Elaborar projetos de design de móveis com ênfase na inovação e na criação de novos processos.
4. Analisar e experimentar técnicas variadas de ilustrações, facilitando a comunicação plástica.
5. Desenvolver visão espacial para planejamento e organização do espaço de interiores.
6. Representar em nível bidimensional e tridimensional, o esboço do projeto de design concebido e estabelecer procedimentos de adequação ao projeto.
7. Analisar e interpretar características dos produtos que fazem parte da cultura brasileira, do vocabulário técnico e do referencial do profissional de design
8. Pesquisar e analisar preços relacionados a produtos e serviços, condições técnicas e sócioeconômicas que viabilizem o projeto.
9. Acompanhar os desenvolvimentos tecnológicos da área, concebendo espaços em que relação entre a forma e função seja privilegiada nos aspectos visuais, estéticos e funcionais.
10. Interpretar legislação sobre o meio ambiente, código de ética e defesa do consumidor, identificando procedimentos legais e técnicos referentes às atribuições do design de interiores.
11. Avaliar os fatores e as variáveis climáticas para orientar adequadamente a execução do projeto.
12. Adequar os projetos aos contextos ecológicos e culturais, procurando atender os requisitos físicos, sensoriais e psicológicos dos usuários.
13. Pesquisar e distinguir as tendências do mercado de design para o processo de tratamento final.
14. Analisar as tendências do design nos diversos períodos do seu desenvolvimento.
15. Desenvolver projetos de interiores, utilizando tecnologia digital.
16. Definir fases de execução de projetos com base na natureza e na complexidade das atividades.
 
Go to top

Rua Prefeito Justino Paixão, 150 - Centro - Santo André - SP - Brasil - CEP:09020-130 - Tel/Fax: (11) 4990-2577