Cardápio

Proposta Pedagógica

Mudar comportamentos e atitudes implica, antes de tudo, alterar o quadro de valores sociais. Assim, buscamos interagir as ações individuais a um significado social mais amplo; o saber lidar com as diferenças através do respeito; discernir o certo do errado para ser capaz de unir valores a ações; ter compromisso com a realidade escolar e extra-escolar e, inegavelmente, enfatizar a formação pessoal.

O Plano tem como princípio norteador o mesmo estabelecido pela L.D.B. (Lei de diretrizes e bases da educação), bem como pelo CEETEPS (Centro Estadual da Educação Tecnológica Paula Souza) para o Ensino Médio:

  • A construção da identidade;
  • O exercício da cidadania;
  • A preparação para o mundo do trabalho;
  • O preparo para a continuidade dos estudos em nível de terceiro grau.

Educar é fornecer aos alunos a orientação necessária para o desenvolvimento de aspectos ligados a conhecimentos, habilidades e comportamentos considerados adequados ao alcance dos objetivos educacionais, alvo do perfil de cidadão, socialmente comprometido.

Competências (conhecimento, habilidades e valores) a serem desenvolvidas: [1]

1. Referentes à construção da identidade:

  • Ser capaz de se auto-analisar e de ter consciência de seus atributos e características individuais, potencialidades, limites, dificuldades, desejos, medos etc.;
  • Ser capaz de tomar iniciativas relacionadas com mudanças de hábito, postura, relacionamentos, e se responsabilizar pelas suas ações e decisões.
  • Ser capaz de construir seu projeto de vida e agir de forma propícia a alcançar seus objetivos e concretizar seus sonhos.

2. Referentes ao exercício da cidadania:

  • Ser capaz de se perceber como cidadão e de compreender os direitos e deveres relacionados com sua condição;
  • Ser capaz de relacioná-los com os direitos e deveres de outros e comparar as diversas condições dos cidadãos em diferentes tempos e espaços;
  • Ser capaz de se solidarizar com aqueles que ainda não têm os seus diretos reconhecidos e de atuar em defesa da cidadania já conquistada, de lutar pra a sua extensão a todos e por sua ampliação sempre que os contextos históricos mostrarem essa necessidade.

3. Referentes à preparação para o mundo do trabalho:

  • Ser capaz de desenvolver as qualidades consideradas importantes de acordo com as exigências do mundo do trabalho:
  • Facilidade de adaptação a novas situações;
  • Compreensão global do processo produtivo;
  • Atenção;
  • Responsabilidade e ética em relação aos outros trabalhadores, aos instrumentos de trabalho, aos objetivos ou serviços produzidos, aos consumidores ou usuários aos quais se destina a sua produção;
  • Disposição a aprender sempre;
  • Criatividade para enfrentar o imprevisto ou situações de crise e carência;
  • Capacidade de se comunicar;
  • Espírito de colaboração;
  • Facilidade em trabalhar em equipe.

4. Referentes ao preparo para o prosseguimento de estudos em nível de terceiro grau:

  • Ser capaz de utilizar eficientemente os conhecimentos básicos e as habilidades desenvolvidas nas áreas de Linguagens e Códigos, Ciências da Natureza e Matemática, Ciências Humanas e Tecnologias.
  • Resolver problemas de existência, convivência, relacionamento interpessoal e social;
  • Criação, elaboração, execução, registro e avaliação de projetos;
  • Pesquisar com o objetivo de ampliação e aprofundamento de conhecimentos e habilidades;
  • Perceber suas aplicações em diferentes áreas de atuação profissional;
  • Promover ou provocar mudanças em si mesmo e nos diferentes contextos em que está inserido.

AS DIRETRIZES METODOLÓGICAS:

Para o alcance dos objetivos, metas, destinados à formação do aluno, propomos:

  • excursões para a prática da convivência sadia, e para atuação com responsabilidade e ética em relação aos outros e ao meio ambiente;
  • atividades artísticas como jornais, teatro e projetos … para o aprimoramento da capacidade de comunicação, de análise pela sensibilidade diante dos avanços do mundo moderno, e de senso crítico, bem como percepção como cidadão e a compreensão dos direitos e deveres relacionados com a sua condição; além da tomada de iniciativas e a responsabilidade pelas suas ações;
  • visitas culturais a teatro, cinema, museus…, incentivando sua autonomia intelectual e construção de sua aprendizagem;
  • participação em olimpíadas e em concursos de valor educacional e de âmbito nacional, incentivando, também, sua autonomia intelectual e construção de sua aprendizagem.

Além disso, sua formação se estabelece por:

  • uso do Portal Aprendebrasil (sistema Positivo de Educação), incentivando a visão interdisciplinar, a pesquisa e a adequada apropriação dos recursos;
  • atividades para o estudo integrado no laboratório multimídia, pela utilização de vídeos e softwares;
  • conteúdos ministrados pelas disciplinas, de acordo com as exigências de nossa sociedade, visando a aquisição de competências;
  • avaliação contínua do aproveitamento, observadas as competências e habilidades, por instrumentos diversos, contemplada por períodos de reforço.

1 O desenvolvimento de competências no Ensino Médio e Técnico. CEETEPS. 25/2/1999. p.5

Ensino Médio/2009

 
Go to top

Rua Prefeito Justino Paixão, 150 - Centro - Santo André - SP - Brasil - CEP:09020-130 - Tel/Fax: (11) 4990-2577